Entenda como os erros podem ser algo positivo para as pessoas e empresas

É Bom Errar?
15 de julho de 2019
Engajamento aliado a motivação derruba índice de reclamações
18 de julho de 2019

Descubra como tratar os erros de colaboradores para transformá-los em oportunidades.

Independente do tamanho das empresas, colaboradores (incluindo líderes) erram. Todos nós erramos. E que bom!

É hábito crer que os erros são, muitas vezes, incorrigíveis, mas é interessante tentar encontrar oportunidades quando estamos numa situação ruim, até porque boa parte dos erros são possíveis de serem corrigidos.

Alexandre Slivnik, que atua com gestão de pessoas, possui especialização em Harvard – Graduate School of Education e é diretor da Associação Brasileira de Treinamento e Desenvolvimento (ABTD), conta como os erros ocorridos durante o trabalho podem ser revertidos e transformados em oportunidades. “Um erro é só um erro quando nada é aprendido, mas pode ser muito conveniente quando se absorve algo da situação”, afirma o autor. Ele também destaca que a punição das pessoas responsáveis pelos erros não é uma opção interessante, mas sim a reorientação, que ajuda a resolver os problemas pela raiz.

“As empresas do Vale do Silício, por exemplo, costumam estimular grupos de funcionários para que eles testem e discutam novas teorias e soluções para um problema específico e que, se errarem, que cresçam com o aprendizado”, relata o autor.

Mas até que ponto esses erros são aceitáveis? Perdoar e auxiliar é um caminho para fazer com que os funcionários consigam atender as expectativas da empresa quando cometem pequenos erros.

Sabemos que existem erros fatais, que podem acabar com vidas de pessoas e também com a própria empresa. Nem sempre reorientação vai ser uma possibilidade viável, por isso, é claro que a avaliação da situação é essencial. “Quando falhas acontecem, é importante que colaboradores e líderes entendam como isso pode impactar na imagem da empresa e a partir deste momento proceder da maneira adequada”, Alexandre explica.

Esse tipo de situação sempre é mais delicada para os líderes, que costumam ser a cara da empresa para o público e também para os colaboradores. Tratar as questões com simplicidade e cuidado, ajuda a melhorar o relacionamento com os subordinados. Quando um colaborador é reconhecido pelas coisas boas que faz, passa a fazer com frequência. Já quando seus erros são apontados sempre, ele pode se desesperar e repetir esse comportamento. Um dos métodos para transformar os erros em acerto, além da conversa e orientação, é focar em treinamento e processos. “O treinamento é eficaz pois faz com que a equipe esteja alinhada com as tarefas, evita os erros e alcança as expectativas dos líderes e clientes da empresa”, o especialista conclui.

Alexandre Slivnik
Alexandre Slivnik
Autor de diversos livros, entre eles do best-seller O Poder da Atitude. É sócio-diretor do Instituto de Desenvolvimento Profissional (IDEPRO), diretor-executivo da Associação Brasileira de Treinamento e Desenvolvimento (ABTD) e diretor geral do Congresso Brasileiro de Treinamento e Desenvolvimento (CBTD). É membro da Society for Human Resource Management (SHRM) e da Association for Talent Development (ATD). Palestrante e profissional com 19 anos de experiência na área de RH e Treinamento. É atualmente um dos maiores especialistas em excelência em serviços no Brasil. Palestrante Internacional com experiência nos EUA, ÁFRICA e JAPÃO, com especialização em HARVARD (Graduate School of Education - Boston / EUA).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *